fbpx
Novo Aprenda Conosco

O que significa Quality Assurance (QA)?

Quality Assurance (em português “Garantia de Qualidade”) significa elevar os padrões de qualidade, garantindo maior segurança, credibilidade e a excelência no desenvolvimento de softwares. Imagine o seguinte cenário: a Jaqueline contratou uma empresa mestre na criação de sistemas, o sonho dela é um aplicativo mobile acessível a palma de sua mão.

Será que apenas com a expertise do(s) programador(es) o aplicativo irá “sair da concessionária” sem nenhum tipo de bug? A resposta é: não! Os programadores são voltados a finalizar suas tarefas com excelência e com o menor tempo possível, o papel de encontrar não apenas bugs, mas também melhorias visando a experiência dos usuários é a Analista de Qualidade.

Por que o(a) Analista de Quality Assurance é imprescindível?

Em sua opinião, um dos conhecidos e mais utilizados aplicativos por nós é o WhatsApp (para quem não conhece, é um dos principais meios de comunicação entre pessoas ao redor do mundo, seja por mensagem de texto, vídeo, áudio e dentre outros) foi criado sem o Analista de Qualidade?

Após refletir sobre a pergunta anterior, vários Analistas de Qualidade participaram do processo de desenvolvimento do WhatsApp, unindo muitas opiniões e conhecimentos para atingir a tão sonhada referência mundial em comunicação. Recapitulando, quer dizer que não houve problemas? Pelo contrário, inúmeros bugs foram “capturados” pelo QA diminuindo mais de 95% dos erros que chegariam ao usuário final.

O que faz o(a) Mestre de Qualidade?

A equipe de desenvolvimento trabalha com o conhecido Método Scrum, onde o trabalho em equipe é fundamental. Principalmente o QA faz parte dessa equipe, as reuniões diárias tem a presença do Product Owner (PO), Scrum Master, Programadores e do QA. O objetivo do Mestre de Qualidade é entender sobre o projeto como um todo, e aplicar seus conhecimentos em grandes “baterias” de testes.

Leia mais:  Aplicativo e Indústria 4.0: Inovação na Produção

Existem 2 principais testes de softwares: 1º Testes de caixa branca – voltado ao especialista analisar o código fonte, verificando a escalabilidade e modularidade que o Back End tem, facilitando na manutenção e novas funcionalidades. 2º Testes de caixa preta – são testes simulados que o próprio usuário final iria realizar, sendo antecipado e tratado pela analista internamente, garantindo o bom funcionamento do sistema.

Quais são as tendências?

As opções de testes estão expandindo, não ficando “amarrado” nos testes de caixa branca e preta. Uma forte e principal tendência são os Testes de Segurança, o(a) analista não irá apenas forçar a URL, mas as possíveis falhas de segurança como exemplo um invasor tentar acessar o banco de dados serão validadas.

Outra tendência é o Internet das Coisas (IoT), a tecnologia está com a curva de crescimento elevada. Consequentemente não podemos deixar para “escanteio”, caso a escalabilidade não seja verificada e aprovada pelo analista, o sistema não está apto perante a Garantia de Qualidade e a compatibilidade com os aparelhos (ex.: smartphone, computadores e dentre outros) terá problemas, esse é um dos principais fatores que o IoT é super importante no desenvolvimento de softwares.

Existe curso específico?

A área de Teste e Qualidade não fica “amarrada” a 8 semestres de uma faculdade, a maioria dos profissionais que atuam em QA tem algum dos principais cursos em Tecnologia da Informação no currículo (por exemplo Sistemas de Informação, Análise e Desenvolvimento de Sistemas e o cobiçado Tecnólogo em Gestão da Qualidade).

Quer ser um bom profissional em QA? A curso presente na maioria das faculdades mencionado anteriormente de Tecnólogo em Gestão da Qualidade, é uma excelente “porta de entrada” para o mercado de trabalho. Apenas cursando a faculdade vou ser Mestre no que faço? Pelo contrário, acompanhe o próximo tópico e seja um Analista de Qualidade!

Leia mais:  Entenda o que é Um Aplicativo Nativo

O que devo estudar?

Grandes empresas especializadas em Ensino à Distância (EaD) por exemplo a Alura, é uma das maiores plataformas de cursos de tecnologia do Brasil. Sabe aquela faculdade que ensina com professores experientes e material precário? Imagine unir professores experientes com riqueza de conteúdo, exercícios e até mesmo aprender com games! Essa é a proposta da Alura, o conhecimento para o mercado de trabalho na palma de sua mão.

Para ser um Analista experiente, acompanhe os canais no Youtube gratuitos para se adaptar e conhecer mais, tenha certeza que gostaria de trabalhar com o seu “Tchan”. Depois de dar Match com a profissão dos sonhos, inicie a 2º fase que será cursos voltados a Teste e Qualidade em plataformas EaD (tanto gratuitos como pagos).

Quality Assurance X Quality Control: Qual a diferença?

Quality Assurance é voltado ao desenvolvimento de softwares para garantir a qualidade e arquitetura utilizada. O Quality Control (em português “Controle de Qualidade”) é voltado a manter o alta qualidade de produtos em Produção, finalizados. Então aquele software que minha empresa utiliza é analisado pelo QC?

A resposta é não, falhas no processo de produtos é o objetivo dos Analistas de Controle de Qualidade, imagine um Operador de Caixa com uma tecla quebrada, seria um grande problema tanto financeiro como dos processos da empresa, esse é o “calcanhar de Áquiles” que deve ser tratado pelo QC, monitorando o funcionamento para corrigir os defeitos.

Benefícios

Veja alguns dos Benefícios em utilizar QA em sua empresa – Logo após que o software finaliza o desenvolvimento, se entregarmos sem nenhum tipo de Teste será prejudicial. Com o QA envolvido desde o início até o final do projeto, a expectativa do cliente fica em “tendência de alta”.

Leia mais:  Benefícios do JavaScript para o Marketing de Startups

Um item que todos os Stakeholders prezam e que o QA consegue analisar com precisão são melhorias. Todos os sistemas finalizados estão perfeitos? Não, as melhorias de um software são sempre discutidas internamente entre as partes envolvidas, visando

DevOps é um Quality Assurance “disfarçado”?

O QA promove a qualidade bem como o DevOps também! Qual é o papel deste especialista? O principal objetivo é unir a interação entre os desenvolvedores de softwares (Back End, Front End e Mobile) e a infraestrutura da empresa, que é aonde o respectivo Mestre irá se dedicar.

O DevOps faz a configuração de todas as plataformas quando o desenvolvimento finaliza, ficando 100% habilitadas para os programadores realizarem o Deploy. O site da Mestres da Web foi configurado por este profissional, sem ele o software não estaria a disposição para os nossos queridos parceiros e amigos acessarem!

Spread the love

Posts Relacionados

Outros

O que é o banco de dados MongoDB?

O banco de dados MongoDB começou a…

Outros

If/else em Python: saiba tudo sobre estrutura condicional

O uso da estrutura condicional pode ser…

Outros

O que é full stack development?

Atuar no full stack development é uma…