fbpx
Novo Aprenda Conosco

Software de prateleira: o que é e quando optar por um?

Quando uma empresa decide dar um passo à frente e investir em um software, é comum que ela se depare com o conceito de software de prateleira e outras soluções para desenvolver um programa.

Um software de prateleira pode ser ou não uma ótima solução para aqueles que estão à procura de uma solução digital para sua empresa. Mas antes é preciso entender o que é exatamente este tipo de software e se ele faz sentido para sua empresa.

 

O que é um software de prateleira? 

 

Os softwares de prateleira são soluções programadas e produzidas uniformemente e em grande escala, portanto não possuem funcionalidades específicas nem personalizadas.

Em outras palavras, o software de prateleira é um programa que foca em soluções mais comuns do mercado, logo ele é mais genérico e generalista, pois sua intenção é alcançar o maior número de consumidores possível. 

Atualmente, existem diversas ofertas para diferentes áreas de atuação no mercado, que podem ser adquiridas por qualquer interessado que se sentir enquadrado na solução oferecida.

 

Devo comprar um software de prateleira ou não? 

 

Antes de tudo, é importante deixar claro que este tipo de software atende necessidades comuns e genéricas, portanto, se sua empresa precisa de uma solução específica e personalizada, não perca seu tempo procurando milhares de softwares online.

Nesse sentido, é mais interessante contratar uma empresa terceirizada, que será capaz de atender sua necessidade com profissionais especializados em desenvolvimento de softwares e resolver seu problema de fato através de um produto personalizado.

No entanto, se sua necessidade é comum no mercado em que você atua e não exige uma solução complexa ou elaborada, um produto de prateleira pode ser a melhor escolha.  

 

Leia mais:  Software para farmácia: vantagens e como investir

Vantagens e desvantagens de um software de prateleira

 

Vantagens:

  • Custo reduzido;
  • Processo de implantação rápido e curto;
  • Problemas mais comuns já solucionados;
  • Possibilidade de constante atualização;
  • Possibilidade de instalação de plug-ins caso seja necessário.

Desvantagens:

  • Não é incomum um excesso ou carência de funcionalidades;
  • Dependência da empresa fornecedora para atualizações e manutenções;
  • Baixo nível de customização;
  • Dificuldade em realizar grandes mudanças.

 

Software de prateleira ou personalizado?

 

Quando optar por um software de prateleira:

  • Seu mercado de atuação é estável;
  • Existem várias soluções prontas no mercado que te atendem;
  • Você não possui processos muito específicos ou definidos;
  • Não possui nenhum software e gerência apenas por planilhas de Excel;
  • Nunca experimentou um software de prateleira antes;
  • Consegue operar de outras maneiras, sem depender de um software.

 

Quando optar por um software personalizado

  • Seu mercado de atuação sofre muitas mudanças;
  • Não encontrou nenhuma solução pronta para o seu problema;
  • Sua empresa possui necessidades e processos específicos;
  • Já utiliza um certo número de softwares e quer unificar as funções;
  • Já experimentou ou usa um software de prateleira que não te atende;
  • Seus processos são dependentes de software.

 

Resumindo

 

Se sua necessidade é simples e comum no seu mercado de atuação, um software de prateleira será o suficiente para solucionar seu problema, no entanto, se você tem uma necessidade específica e não encontrou nada que solucione seu problema, contratar uma empresa de desenvolvedores de software pode ser a melhor escolha.

Spread the love

Posts Relacionados

Ferramentas

Software de gestão: por que ter o seu próprio?

Conduzir a gestão de uma empresa é…

Outros

Como fazer governança de dados?

Hoje em dia, informação é algo muito…

Digital

Migração para a nuvem: como fazer?

A nuvem é uma das tecnologias que…

Victor Ricco Victor Ricco

Analista de SEO