fbpx
Novo Aprenda Conosco

Modelo de negócio para aplicativo: como criar?

Conceber um modelo de negócio para aplicativo é importante para entregar um produto de maior qualidade ao cliente. No entanto, existem algumas dicas principais que ajudam com que você construa o melhor modelo possível.

Mas, então, como fazer isso? Quais são as etapas que devem ser cumpridas para um bom modelo de negócio para aplicativo? Siga lendo para aprender!

Para que serve um modelo de negócio para aplicativo

Antes de mais nada, o que é esse tal de modelo de negócio para aplicativo e para que ele serve, afinal? Bom, podemos resumi-lo como algo em que são inseridos os objetivos da empresa para entregar valor ao cliente.

Além disso, este modelo leva em consideração a forma com que pode haver a rentabilização. Então, está também intimamente relacionado com o usuário final, por meio de etapas como segmentação e distribuição.

Dessa forma, entre as vantagens do modelo de negócio para aplicativo, temos, principalmente, o fato de permitir mudanças durante todo o desenvolvimento do projeto. Assim, as avaliações constantes possibilitam melhoras antes que o produto seja entregue.

Além disso, há também a possibilidade de reduzir custos, aumentando a qualidade do produto final. Assim, um aplicativo mais funcional é construído, o que ajuda a angariar, por exemplo, mais oportunidades de rentabilidade.

Por isso, a partir de agora vou dar algumas dicas especiais de como montar o seu modelo de negócio para aplicativo. Então, acompanhe!

Saiba qual é o investimento necessário 

Primeiramente, o que você deve fazer é avaliar os custos necessários para o desenvolvimento do aplicativo. Para isso, algumas questões devem ser consideradas, como a possibilidade de crescimento dos gastos por conta do aumento do número de usuários.

Além disso, as diferentes funcionalidades, a complexidade e o projeto, como um todo, podem acabar impactando. Por exemplo, projetos que demandam o uso de ferramentas pagas requerem mais investimentos do que outros que precisam apenas de ferramentas acessíveis gratuitamente.

Avalie a usabilidade 

Algo que sempre deve ser considerado é a usabilidade do aplicativo. Ou seja, como o usuário poderá utilizá-lo e o que isso vai acrescentar a ele.

Neste caso, isto também está relacionado com o design do aplicativo em geral. Entre outras coisas, é notório que os usuários não gostam de interfaces que sejam muito poluídas e pouco intuitivas. Por isso, simplifique em vez de complicar.

Pense nos possíveis clientes

Afinal, quais serão os seus clientes? Qual é o público-alvo desse seu modelo de negócio para aplicativo?

Isso acontece porque quanto mais você conhecer quem vai adquirir o seu aplicativo, maiores são as chances de venda. Dessa forma, você pode projetar mais ganhos no futuro, o que impacta no retorno dos investimentos necessários. Então, o nível de aceitação pelo cliente é maior. 

Entenda como reduzir o custo do modelo de negócio para aplicativo

Uma das primeiras dicas de como fazer seu modelo de negócio para aplicativo foi justamente pensar no investimento necessário. Agora, então, temos algo complementar, que é avaliar as possibilidades de redução do custo.

Saiba que, para isso, são necessários um bom planejamento e uma boa gestão. Ou seja, essa etapa vai além do desenvolvimento do aplicativo em si. Dessa forma, o ideal é ter uma equipe habituada a trabalhar com modelos de negócio e a reduzir custos neles.

Por isso, a perspectiva de quem trabalha com diretamente com desenvolvimento pode ser complementada pela de outros setores. Então, quando associada à equipe de gestão e planejamento, por exemplo, um dos benefícios tende a ser uma menor demanda por recursos.

Analise a monetização

Para finalizar, saiba que a monetização é uma parte importante a ser avaliada no modelo de negócio para aplicativos. No entanto, ela vai muito além do que simplesmente o app, porque depende de cada empresa.

Além disso, pense em quais são as melhores oportunidades para rentabilizar em cima do app desenvolvido. Por exemplo, se houver concorrentes que ofereçam aplicativos parecidos gratuitos, então tentar vender o seu não parece ser uma boa ideia.

De forma complementar, analise formas de aumentar a sua monetização. Aqui, então, sua empresa deve investir em questões como:

  • Publicidade: a publicidade dentro do app permite gerar recursos, mas cuide para não poluir demais a interface.
  • Compra de funcionalidades dentro do aplicativo: permite aumentar a usabilidade do app com a compra de funcionalidades, como a de remover publicidade.
  • Comissões de transação: permite o recolhimento de comissões de transação para que outras empresas, normalmente de setores complementares, anunciem.
  • Subscrição: você pode oferecer uma versão gratuita, com menos recursos, e oferecer uma paga, com mais funcionalidades.

Em resumo, essas são as principais formas de como criar o seu modelo de negócio para aplicativo. Para ver mais dicas como essa, siga nosso blog!

 

Spread the love
Leia mais:  Função forEach JavaScript: o que é?

Posts Relacionados

Outros

Conheça os benefícios dos aplicativos de celular

Se a sua empresa está pensando em…

Fábrica de Aplicativo

5 vantagens de criar um aplicativo móvel para negócios

Criar um aplicativo móvel para negócios pode…

Outros

10 estratégias para transformar sua empresa em um negócio de sucesso

Um negócio de sucesso requer persistência, planejamento…